Ateus admitem que oram quando enfrentam adversidade

COMPARTILHE

Pesquisa concluiu que ateus tem buscado o conforto na oração nos momentos de crise. Nos momentos de crise, eles tem clamado dizendo “Por favor, Deus” em busca de ajuda.

Ateus se voltam para a oração quando enfrenta dificuldades na vida, isso é o que demonstrou uma pesquisa realizada no Reino Unido pela agência de ajuda cristã, Tearfund.

A oração tem prevalecido em todo âmbito dos seres humanos, seja ele crente ou não-crente, de alguma maneira as pessoas têm buscado o socorro sobrenatural quando surgem os problemas da vida.

Segundo publicou o jornal The Guardian, a pesquisa descobriu que um em cada cinco adultos, ou seja 20%, recorre a oração apesar de dizer que eles não são religiosos.

Ateus oram a Deus mais do que se pensava

A pesquisa descobriu ainda que entre as pessoas não religiosa, a crise pessoal ou a tragédia é a razão mais comum para que elas venham orar, sendo que uma em cada quatro dizendo que oram para obter conforto ou se sentir menos solitária.

Henry, 64, disse que ora todas as noites, ajoelhando-se na cama, apesar de não ser religioso. “Eu me preocupo bastante com isso – é algum tipo de apólice de seguro, é superstição ou é algo mais real?”

Ao ser questionado se ele acreditava em Deus, Henry disse: “Eu não sei, mas eu me descreveria no final do entusiasmo do agnosticismo. Eu certamente não me classificaria como religioso “.

Pouco menos da metade dos que oram disseram acreditaram que Deus ouviu suas orações, o que sugere que uma pequena maioria sente que suas súplicas não são respondidas. Quatro em dez vão mais longe, dizendo que a oração muda o mundo; um número similar diz que os faz sentir melhor.

Entre os motivos para orar, encontra-se:

A família está no topo dos motivos para oração em 71%, seguindo agradecendo a Deus (42%), orando pela cura (40%) e por amigos (40%). Destaque a lista vem questões globais como a pobreza ou desastres, em 24%, de acordo com a pesquisa realizada pela ComRes em nome da agência de ajuda cristã, a Tearfund.

O capelão do arcebispo de Canterbury, Isabelle Hamley, disse à publicação que a oração é “principalmente uma linha de comunicação com Deus: pense, reflita, leve suas preocupações e problemas a uma perspectiva mais ampla”.

Ela acrescentou: “Muitas pessoas se sentem impelidas a orar em algum momento de suas vidas, mesmo que não sejam religiosas”. Orar espontaneamente se trata de alcançar.

Os especialistas da Tearfund dizem que a pesquisa mostrou que a oração é uma parte importante da vida de muitas pessoas no Reino Unido, embora muitos digam que não acreditam em Deus.

Frases sobre ateus

O dramaturgo brasileiro Millôr Fernandes, diz em uma de suas frases sobre ateus que: “O cara só é sinceramente ateu quando está muito bem de saúde”.

Já G.K.Chesterton diz que “O pior pensamento de um ateu é quando ele está grato e não tem ninguém a quem agradecer”

Uma frase que dizem que foi diz por Woody Allen diz: “Para vocês eu sou ateu. Para Deus, uma fiel oposição”.

COMPARTILHE