Cantor evangélico critica Pablo Vittar e é ameaçado por ativistas gays

COMPARTILHE

 

Samuel Mariano,  cantor evangélico,  compareceu na tarde desta quarta-feira, 31, em uma Delegacia de Polícia, juntamente com seus advogados, para registrar um Boletim de Ocorrência, após diversas fotos de nudes com seu rosto se espalharem pela internet, em especial no WhatsApp.

Samuel, usou o seu perfil nas redes sociais, para explicar que tudo não se passa de represálias contra ele, vindas de um grupo de ativistas gays, que desaprovaram uma ministração em que ele critica o drag queen Pablo Vittar.

No sermão, Samuel Mariano, afirmou que o cantor drag tem sido usado para acostumar a sociedade brasileira a aceitar a homossexualidade, além de questionar o talento da artista para a música. “O mundo está querendo empurrar em nós uma inversão de valores. Tem um cara aí que nasceu homem, e agora virou mulher e cantora. Não canta nada que preste”, disse.

No post, Samuel contou que soube dessas montagens fotográficas na última madrugada, sendo esse o cumprimento das ameaças que ele vem sofrendo há 30 dias desse grupo de homossexuais.

Leia na íntegra a nota publicado por Samuel Mariano na internet

Gente, estamos em guerra!

Estou na delegacia junto com nossos advogados registrando um boletim de ocorrência. Estamos sendo vitima de um ataque covarde e sem precedentes em nosso ministério.

Fazem 30 dias que estamos sendo ameaçados por um grupo de ativistas homossexuais, que desaprovaram minha ministração a que me referi sobre um famoso artista drag queen.

Desde então, eles vem fazendo ameaça contra mim, minha família e ministério.

Essa madrugada fomos surpreendidos ao saber que, várias montagens com meu rosto começaram a circular em grupos de Whatsapp.

Eles prometeram denegrir minha honra e do destruir minha família e o projeto quero almas estão tentando cumprir a promessa, mas aquele que nos justifica não dorme.

Tenho plena convicção do meu chamado, e fico feliz em sofrer perseguição por amor ao nome de Cristo. Nada disso irá nos fazer parar, só servirá como combustível para aumentar a nossa fé.

A polícia já abriu um inquérito e está rastreando a origem dessas fotos, até chegar nos responsáveis, tanto quem criou como quem DIVULGOU COMETEM CRIME e a autoridade policial chegará nessas pessoas, Isso eles me garantiram.

Me cubram de oração, sejam misericordiosos neste momento, vamos bombardear o inferno e mostrar o que acontece com quem tenta fazer a obra de Deus parar.

Peço aos irmãos que não compartilhem esse material, Apenas ore por minha família ( que por sinal estamos em paz ) e nosso ministério. Antes de qualquer coisa lembrem-se da minha família dos meus filhos, eles não merecem, vamos sim chegar a um ponto de saber tudo. Não sou perfeito, mas preciso neste momento que todos me ajude a não compartilhar esse tipo de coisa.

Em breve teremos mais detalhes sobre esse caso.

Me defender pra que ? Ainda procuro um porque…

Pois tudo que eu falo parece virar contra mim… Se esconder parece até boa opção, mas sei que vou ficar pior se proceder assim…

Ir brigar, pedir explicação, procurar de onde veio a difamação… Mas no fim ouço a voz de Deus falar aprenda perdoar e liberar perdão…

Doeu mas a vida me ensinou a perdoar, e que nem sempre é tempo de ganhar isso doí demais e fere o coração…

Doeu mas aprendi com minha dor e depois de tudo ouvi do meu senhor, se você é o forte então libera o perdão…

Obrigado… Samuel Mariano.

COMPARTILHE