Programa da Globo diz que “Deus é LGBT” e mostra diabo com boa imagem

COMPARTILHE

O programa humorístico Zorra Total voltou a atacar os Cristãos em geral. Num de seus quadros recentes chamado “Deus Mulher”, que durou 3 minutos e meio, em contrapartida de outros quadros que foram mostrados por apenas 30 segundos.

A estória conta o caso do pastor Natanael (Welder Rodrigues), que morre e vai ao céu. Lá, encontra-se com um Deus mulher (Débora Lamm), sendo que o pastor duvida e diz que a imagem que tinha na cabeça era outra.

Isso deixa o Senhor irritado, sendo que “Ela” diz que o pastor esta pecando por não aceitar a verdadeira forma de Deus.

Na sequência, Ela diz:

“Eu sou negro, negra, judeu, árabe, LGBTQ, menino, mendigo, deputado, maromba, gordinho, pastor”.

Pelo que deixou Natanael irritado, que afirma que aquilo era um engano do “diabo”.

Ele passa então a simular um exorcismo, gritando “Sangue de Jesus tem poder, sai deste corpo”. Fazendo gestos variados, imita as línguas estranhas comuns em cultos pentecostais.

Deus então afirma que está cansado disso e manda o pastor para o inferno.

Segue-se então uma sequencia no inferno, onde um ator vestido com uma imagem popular do diabo ( tridente e chifres ), comenta:

“Você deu sorte, por que se pega Deus de TPM, aí rapaz…”

Leia na íntegra AQUI

COMPARTILHE