Toda mulher que quer ter filhos ‘precisa saber isso sobre fertilidade’

COMPARTILHE

Olá pra você que pretende construir uma família abençoada em breve. Hoje trazemos algumas informações muito úteis sobre coisas que você precisa saber sobre fertilidade.

Vamos lá!

Testes para o período fértil valem a pena?

Com certeza. O exame mais indicado mesmo continua sendo o ultrassom. Há exames que a mulher pode fazer em casa mesmo, através da urina, pela detecção do hormônio luteinizante (LH), pergunte ao seu médico sobre ele.

Idade importa só pra mulher ou pro homem também?

Segundo estudos recentes da universidade de Harvard, mulheres entre 35 e 40 anos engravidam com chances de 70% de homens na casa dos 30 anos em comparação a homens de suas mesmas idades (54%).

Lubrificantes Vaginais são proibidos?

Se você quiser ter bebês, melhor não usar lubrificantes vaginais por um motivo: são tóxicos para os espermatozoides.

Estudos indicam que a movimentação do espermatozoide foi inibida de 60 a 100% em laboratório.

Estou muito gorda, isso influencia?

Sim, influencia. Estar fértil é basicamente um trabalho realizado em conjunto pelo corpo, como se fosse uma orquestra afinada de hormônios, a obesidade desregula isso.

Atividade física ajuda?

Somente se estiver entre os termos regular e moderada. O fato de você suar a camisa melhora a circulação sanguínea, que melhora a oxigenação das células e melhora o aproveitamento de glicose.

Isso tudo melhora a saúde dos óvulos e espermatozoides.

DST’s podem prejudicar?

A resposta é óbvia assim como a pergunta. As principais inimigas das mulheres chamam-se clamídia, sífilis e gonorreia.

As bactérias que compõem essas doenças desajustam a produção, armazenamento e o curso dos gametas.

Existem alimentos bons pra fertilidade?

O que importa aqui é somente ter uma dieta equilibrada nos nutrientes essenciais ao corpo, muita coisa do que comentam é mito.

O que prejudica a fertilidade?

Abuso de álcool: Quem bebe demais vê a ameaça de infertilidade crescer 60%.

Obesidade: Dobra o tempo para a mulher conseguir engravidar.

Muita cafeína: Exagerar no café e em energéticos reduz a fecundidade em 45%.

Cigarro: Aumenta a propensão à infertilidade em cerca de 60%.

Agentes tóxicos: Solventes e outros materiais agravam o problema em 40%.

Drogas: Substâncias ilícitas elevam o risco de dificuldades em 70%.


GOSTOU? COMPARTILHE!

COMPARTILHE